Organização

“Vinte anos de excelência na prestação de cuidados de saúde integrados”

Mensagem do Presidente, Taveira Gomes

A Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) completa, neste ano de 2019, vinte anos de excelência na prestação de cuidados de saúde integrados, assumindo-se como referência para outros prestadores de cuidados de saúde. Pioneira e precursora, a mais antiga Unidade Local de Saúde do país foca-se na promoção da saúde, de forma global, integrada e personalizada, não apenas nos cuidados de saúde aos vários níveis, mas também com a autarquia, escolas e organismos da sociedade.

A sustentabilidade da ULSM é uma prioridade fundamental, em todas as áreas, desde a formação e diferenciação até à realização e confiança dos recursos humanos, do desenvolvimento científico e tecnológico aos cuidados centrados nas pessoas, do meio ambiente físico e social às políticas de qualidade, da certificação ao controle dos custos operacionais, das tecnologias de informação à comunicação pessoal e presencial com os profissionais e utentes.
Ao longo deste percurso foram muitos os que criaram técnicas inovadoras, percursos simplificados e muito mais cómodos, espaços novos com funcionalidades mais ajustadas, abordagens novas de problemas complexos que passaram a complicar menos vida de alguns, desenvolvimentos em que cada um contribuiu para o destino mais promissor de todos.

Pode dizer-se que graças a todos e todas temos mais saúde e melhor saúde! Mas temos ainda muito caminho para percorrer até á melhor saúde possível, baseada na criação de valor na vida de cada um e de cada uma enquanto pessoa e cidadão ou cidadã. Com alguns episódios em que nos cruzamos e esperamos continuar a construir boas experiências.

Taveira Gomes

“uma evolução no modelo de gestão hospitalar onde a cultura de serviço ao utente assume uma importância vital”

Mensagem do Fundador, Sérgio Almeida

Transformação digital, 4.ª revolução industrial, the internet of things, long life learning: estes são alguns dos conceitos que estão a mudar a forma como os humanos atuam nas organizações. Nesse sentido o estudo “The future of jobs” do World Economic Forum define como fundamentais as competências de “trabalho em equipa”, “inteligência emocional”, “pensamento critico”, entre outras, o que vem reforçar a importância das novas skills para o futuro e sustentabilidade das instituições.

Esta nova realidade impõe uma evolução no modelo de gestão hospitalar onde a cultura de serviço ao utente assume uma importância vital para o futuro saúde. As organizações devem assumir hoje a missão de potenciar o desenvolvimento dos seus colaboradores e equipas, promovendo assim a humanização e a performance organizacional, sendo certo que colaboradores mais felizes e motivados constroem organizações mais humanas, competitivas e saudáveis.

Nesta nova dinâmica global e complexa, o Seal Group desenvolve para os seus parcerios e clientes programas comportamentais com base na investigação em neurociências, agregando um conjunto de especialistas internacionais com o propósito comum de promover a humanização organizacional, inspirando os resultados de excelência, tendo sempre como ponto de partida as pessoas e o seu talento.
Para nós o futuro é humano.

Sérgio Almeida